sexta-feira, 30 de setembro de 2016

Sargento Anélio da Silva Araújo, herói da Segunda Guerra


Sargento Anélio da Silva Araújo, identidade militar 3G 94060 (CRP- Centro de Recompletamento de Pessoal), nascido em Canoas (RS) em 5 de dezembro de 1921, filho de Matiel Luiz Araújo e Inácia Silva Araújo.Embarcou no dia 8/2 /1945, onde participou das operações de guerra na Itália com a FEB, participou das batalhas e conquista de Monte Castelo, retornando no dia 17/9/1945.Não falava em hipótese nenhuma sobre a guerra onde veio com sequelas de guerra e esteve internado varias vezes em hospitais psiquiátricos. Faleceu no dia 22 de fevereiro de 2014.Alguns itens do expedicionário Anélio que o seu neto Daniel Antônio Brizola doou ao acervo O Resgate FEB para perpetuar sua memória como veterano de guerra da Força Expedicionária Brasileira.

Diploma da Medalha de Campanha da FEB, de 1948.
Braçadeira antiga da AVEFEB  seção Porto Alegre

Sargento Anélio o terceiro da direita antes do embarque no Rio Grande do Sul.

(Clique na foto para ampliar)
O Resgate FEB

segunda-feira, 26 de setembro de 2016

Lata de pó dental (Tooth Powder) Segunda Guerra

Lata de pó dental (Tooth Powder - Dr. Lyons), de fabricação americana entregue também para os soldados brasileiros na Segunda Guerra.
(acervo O Resgate FEB)



(clique na foto para ampliar)
Tooth Powder, exposto no Museu Casa da FEB no Rio Janeiro.

segunda-feira, 19 de setembro de 2016

O médico da FEB, Carlos Henrique Bessa

Bessa e Ornella no reencontro quase 70 anos após a Segunda Guerra - Álbum de família
O médico Carlos Henrique Bessa estava com 24 anos quando voltou da Segunda Guerra Mundial. Nas décadas seguintes, investiria pesado na carreira médica, abriria uma empresa, faria negócios bem sucedidos na Europa e casaria aos 35 anos. As histórias do ex-pracinha ficaria em segundo plano. Em 2014, instigado pelos dois netos, Bessa procurou a Casa da Força Expedicionária Brasileira (FEB), no Centro do Rio, em busca de dados e, assim, sua história começou a se tornar pública.

Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/rio/netos-levam-medico-reviver-os-marcantes-dias-da-segunda-guerra-19507753#ixzz4IGIojRD4
Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A.

quinta-feira, 8 de setembro de 2016

Souvenir de guerra

Chaveiros souvenir do V Exercito norte-americano e da FEB, de origem italiana e vendidos aos soldados como lembrança.
 A FEB operando com equipamento norte-americano e integrado ao V Exército dos EUA, lutaram juntos no front da Itália
(acervo O Resgate FEB)
(clique na foto para ampliar)

quarta-feira, 31 de agosto de 2016

Medalhão Comemorativo da FEB

Belo medalhão de bronze em comemoração da inauguração do monumento ao expedicionário da FEB de Porto Alegre (RS) em 1956.
(acervo O Resgate FEB)
(clique na foto para ampliar)

domingo, 7 de agosto de 2016

terça-feira, 2 de agosto de 2016

Relação dos primeiros agraciados com as medalhas Cruz de Combate de 1ª e 2ª Classes

Relação dos primeiros agraciados com as medalhas Cruz de Combate de 1ª e 2ª Classes:
Diário Oficial da União (DOU) de 02 de Julho de 1945 - Pág. 3. Seção 1:
Comandante da Fôrça Expedicionária Brasileira e 1.a Divisão de Infantaria Expedicionária.
CONCEDE A CRUZ DE COMBATE DE 1.a CLASSE:

De acôrdo com o Decreto n.° 16.821, de 13 de outubro de 1944:
Aos oficiais e praças mencionados na relação que a êste acompanha, assinada pelo General de Divisão Enrico Gaspar Dutra, Ministro de Estado da Guerra,
pelos motivos especificados nas propostas feitas pelo General de Divisão João Batista Mascarenhas de Morais, Comandante do 1.° Escalão da Fôrça Expedicionária
Brasileira e 1.° Divisão de Infantaria Expedicionária.
Relação dos oficiais e praças a que se refere o Decreto desta data em que se concede a medalha "Cruz de Combate de 1.a Classe", criada pelo Decreto-lei n.° 6.795, de 17 de agosto de 1944:
Generais de Brigada — Euclides Zenóbio da Costa e Osvaldo Cordeiro do Farias.
Majores — João Carlos Gross e Virgíneo da Gama 'Abo.
Capitães — Valdir Moreira Sampaio, Volfango Teixeira de Mendonça, Alberto Jorge Farah, Paulo de Carvalho, Everaldo José cia Silva,
Iêdo Jacó Blauth, Jorge Santos, Aldenor da Silva Mala, Luis Jucá de Melo, Antônio Barcelos Borges Filho e Adélvio Barbosa de Lemos.
1°s. Tenentes — Apoio Miguel nesk, Dirceu de Lacerda Coutinho, Paulo Nunes Leal, Murilo de Figueiredo Borges, Miguel Romeu Langone,
Ru-,leiloo Varela, Ito Carvalho Berben '
nardes, Nicolau José de Seixas, Otávio Ramos de Araújo, Mário Manta-Mia Teixeira, Caetano de. Figueiredo
Lopes e Capelão João Filson Sorem.
2°s. Tenentes — Celso Dalva Vieira Regueira, Nestor Corbiniano Andrade, José Maria da Cunha Viveiros, José Teófilo de Siqueira. Edil Vargas, Manuel Valença Monteiro,
Júlio de Pádua Guimarães, Rubens Resstel, Sali Szanjferber, Eugênio Midler Neto, Eduardo Juvenal Schmidt
Aspirantes a -Oficial — Lúcio Marçal Ferreira e Francisco IvIega.
1°s. Sargentos — Valmor Rodrigues Santiago e Osmar Cortes Claro.
2°s Sargentos — João Guilherme Schultz Marques, Auderico Ferreira da Silva, Pedro Pereira de Oliveira,
Geraldo Valentim de Sousa, Antônio Gonçalves dos Santos, Antônio Januário do Nascimento, Rubens Leite,
Lourival Lopes de Freitas, Nêvio Baracho dos Santos e Geraldo Berti.
3°s Sargentos — Henrique Antunes Maciel, Abraão Silveira Dias, Va ldemar Pinto Rodrigues, Lair Pires, Duilio Scalise, Mário Muller, Cleodon da
Silva Furtado, Sebastião Fagundes Maranhão, Caetano Tanese, Joos Darei Heidger, Jaime Silva, Judson Carlos de Carvalho,jRui Barbosa de Morais, Onofre dos Santos e João Duram
Alonso.
Cabos — Odilon Oliveira de Aaneidá, João Fagundes Machado, Manuel Chagas, Manuel Tomás da Silva, Arlindo Bibiano de Araújo e Antíteses Cascardo.
Soldados — João Guilherme de Queirós Coutinho, Olávio Soares do Amaral, João Ferreira da Silva, João Fagundes de Oliveira, Marinho Rodrigues, Arriou Correia, Arlindo Tavares Pontes, Afonso de Melo, Isinio Neumam, Clóvis Gomes Toledo, Otacílio dos Santos, João Renas Campelo, Irio Toledo, João Borges de Rezende, Paulo Alvise, Albor Pimpão Ferreira, João Santana, Lauro Pereira, José Nicodemos Gomides, Altarniro Botossi, Lázaro de Castro Reis, José Trancolim, Afonso Clemente Ferraz, Romeu Cavalheiro, Vicente Gratagliano, Romeu Batista, Pedro Leme de Assis, José Rudinicki,
João Zenetti, Amanho Gonçalves de Queirós, João Lopes, Alberto André Paroche, Alcides Alves de Almeida, João Moreira Alberto, José Swoek, Benedito Patrício, João Inácio do Nascimento, Cesário Aguiar, Francisco Tamborim, José Antônio Moreira, Luis Guerino Francisqui, Djalnia Correia, Domício Gomes de Faria, Simeão Fernandes e Jorge César Helou.
CONCEDER A CRUZ DE COMBATE DE 2.° CLASSE:
De acôrdo com Decreto N.° 16.821, de 13 de outuro de 1944:
Aos oficiais e praças mencionados êste acompanha, assinada pelo General de Divisão Enrico Gaspar Dutra, Ministro de Estado da Guerra,
pelos motivos especificados nas propostas feitas pelo General de Divisão João Batista Mascarenhas de Morais, Comandante do 1.° Escalão da Fôrça Expedicionária
Brasileira e 1.° Divisão de Infantaria Expedicionária.
Relação dos Oficiais e praças a que se refere o Decreto desta data em que se concede a medalha, "Cruz de Combate de 2.° classe", criada pelo Decreto-lei ri." 6.795, de 17 de agôsto de 1944:
Capitães —Francisco Heitor Ribeiro Rodrigues, Joaquim Antônio da Fontoura Rodrigues, Raul da Cruz Lima Júnior, Rene Cruz, Gilberto Machado de Oliveira.
Primeiros Tenentes—Moisés Chaon, César Augusto Vilaboim, Felipe Aristides Simão, Rui Caldeira Ferraz, Valdemar Dantas Borges e Clóvis Garcia.
Segundos Tenentes — Liler Teixeira Maciel, Antônio de Andrade Poti, José Alfredo Barros da Silva Reis, Gervásio Deschamps Pinto, César Patrício de Aquino, Homero Soares da Rosa, José da Mata Teixeira, José Torquato Caiado Jardim, João Luis Filgueiras, Cléber Gomes Ferreira, Manuel Colares Chaves Filho, Wilson Quadros de Oliveira e Erneso Guilherme Hagemeyer.
Aspirante a Oficial — Hélio Gonçalves Amorim.
2° Sargento — José Nassif.
Terceiros Sargentos — Osvaldo Zécimo de Almeida, Carlos Ferreira de Sousa, Dídio Pereira, Josué Dantas Martins Filho, Fontoura Sebastião Maia, Rui Estréia Saldanha, Alexandre Matar, Pascoal Caputo, Antônio Carlos do Nascimento, Artur Borges Cordeiro, Jairo Batistão.
Cabos — Otávio Carlos da Silva, César Chlaratti, José Esperança, Joaquim França Ferreira, Benedito Oliveira Neves, Paraguai Zonzine e Manuel Marcelino.
Soldados — José Rocha Sobrinho, Emedito Camargo Guerra, Sebastião Serafim da Silva, José de Marins Parias, João Ladeira Permute, Marino Castanheira, Olavo Roberto Borges, Luis do Espírito Santo, Lino Augusto D'Avila, João Pedro do Nascimento, José Torquato Luis, Francisco Manuel, Domingos Alves Pinheiro, Humberto Oliveira, Enodoo() Gonçalves, Pedro Sepúlveda Florido, José Sérgio Tôrres, Rubens Ferreira Batista, Adelino Correia de Araújo, Henrique Fernandes, Eduardo Rogante, Raimundo Bartolo dos Santos, João Rodrigues Arruda, Ogênio Trevissan, Joaquim Antônio Lemos, Donato de Moura e Geraldo Rodrigues de Paula.
Fotos tiradas da intrnet.

quarta-feira, 20 de julho de 2016

Boina e braçadeira da ANVFEB

Belo lote que pertenceu a um expedicionário, era usadas em desfiles, homenagens e reuniões.A boina bem antiga da marca Prada, repare o distintivo da Cobra Fumando e bem antigo e a braçadeira da Associação Nacional dos Veteranos da FEB.
(acervo O Resgate FEB)
(clique na foto para ampliar)

segunda-feira, 11 de julho de 2016

Eurico Gaspar Dutra por ocasião da visita e inspeção às tropas da FEB na Itália


Eurico Gaspar Dutra por ocasião da visita e inspeção às tropas da FEB na Itália entre setembro e outubro de 1944 (fotos tiradas em regiões de Florença, Nápoles e Pisa).
Fotos: Agência Nacional (Brasil) e Bureau of Public Relations War Department.

quinta-feira, 30 de junho de 2016

Barreta de um oficial da F.E.B


Belo barrete de um ex combatente da FEB, condecorado com a Medalha Sangue do Brasil (Ferido em combate), Medalha de Campanha da FEB, Medalha de Guerra e muitas outras nacionais e internacionais. Esta barreta fabricada pela Randal na década de 50,  eram usadas nos uniformes de passeio.
(acervo O Resgate FEB)
( Clique na foto para ampliar )

domingo, 26 de junho de 2016

Lembrança da Convenção dos Ex Combatentes.

Belo caneco de porcelana de lembrança da XIV Convenção Nacional dos Ex Combatentes do Brasil em Caxias do Sul - RS,  nos dias 2 a 7 de 1972.
(acervo O Resgate FEB)

(clique na foto para ampliar)