segunda-feira, 17 de março de 2014

A pesquisa e a melhor forma de distinguir uma peça original (LINER M1)

O que é um liner? E um capacete de fibra que fica dentro do capacete de aço M1 americano com revestimento de tecido e alças que inclui um sistema de correias de suspensão ajustável, o qual é ajustado por meio de um cordão de algodão ao seu tamanho de cabeça e de acordo com seu conforto.Tem servido desde o inicio dos anos 40.Só pesquisando podemos distinguir se temos um liner da Segunda Guerra ou após-guerra?
   Histórico
 Dez empresas produziram o liner do capacete M1, enquanto que um adicional de 30 eram responsáveis ​​para o fabricação dos diferentes componentes que entraram no forro.Um total de perto de 40 milhões forros foram feitas entre 1941 e 1945, sendo a maior produção a Westinghouse.A produção liner do capacete M1 foi interrompido em torno de 17 de agosto de 1945.
 Existem 3 tipos principais de liner de capacete:
Durante o curso da guerra, os contratantes do Exército e Gov't ainda estavam tentando descobrir a melhor maneira de fazer forros para o capacete de aço M1 e isso resultou na produção de alguns tipos diferentes de forros do capacete M1.
1-Compressado de Papel / Fibra, aka Hawleys - Eles foram feitos pela Companhia Hawley e General Fibre Empresa dos contratada para os primeiros forros do capacetes M1 em 1941 até novembro de 1942. Havia pouco mais de 4 milhões de "Hawleys",e alguns casos foram vendidos para as crianças como brinquedos.

2 -De baixa pressão - feito a partir de 1942 até o final de 1943 - cerca de 1,5 milhões no total e foram feitas por St Clair e capa Rubber Company, e foram introduzidos para substituir os forros Hawley papelão. Eram mais fino do que os revestimentos de alta pressão e posteriores tendem a rachar sob a pressão.
3 - De alta pressão - estes são os Segunda Guerra comum "listrado" liners que todos nós conhecemos e amamos. Estes foram feitos de fevereiro de 1942 até o final de Segunda Guerra Mundial, em seguida, novamente durante a era coreano.Forros de alta pressão substituiu a maioria de baixa pressão e forros Hawley,A configuração do forro e materiais permaneceu o mesmo dos forros de baixa pressão.
Um verdadeiro liner americano da Segunda Guerra Mundial pode ser identificado através do orifício frontal. Se um liner do capacete M-1 tem um, há uma boa chance de ter sido feito durante a Segunda Guerra Mundial.O liner das fotos pertenceu ao 2º tenente Felix Bartholini Cáccavo, um ex combatente da FEB.
(acervo O Resgate FEB)

O liner americano produzido nos anos 50 (Coreia) ainda tem as mesmas característica da Segunda Guerra e alguns comerciantes modernos perfuram o casco do pós guerra.
O liner do M1 americano pode resultar em uma mistura de pequenos componentes adicionados ou substituídos em anos diferentes. Podemos apenas identificar alguns critérios para distinguir um liner de guerra do pós-guerra.

 

Era preso firmemente dentro do liner fixado por rebites e uma série de anilhas triangulares "A".Desta forma o soldado poderia ajustar carneira (parte interna de um capacete que serve de amortecedor)O liner do capacete americano M1 inclui um sistema de correias de suspensão ajustável, o qual é ajustado por meio de um cordão de algodão ao seu tamanho de cabeça e de acordo com seu conforto.
As alças, rebites e anilhas triangulares "A" tem detalhes do período como pintura, tonalidade e as marcas dos fabricantes, indicando pequenas diferenças entre os da da guerra e os de pós guerra.
Mas, sem dúvida, as marcas dos vários fabricantes que produziram milhares é que estão marcadas no fundo do casco e que contam a verdadeira história, origem e autenticidade, e que com certeza valorizam e definem com exatidão se foi da Segunda Guerra.(foto:1)
Não sou especialista mas, observando os pequenos detalhes com o original que tenho em mãos, fotos e pesquisas é que vou identificando os verdadeiros  liners dos que andam no mercado em feirinhas de antiguidades e vendedores de militaria-pelo menos para leigos e colecionadores é um bom começo.(foto:2)


Repare a marca do fabricante FIRESTONE TIRE & RUBBER COMPANY no fundo do linerA maioria do liner ou forro americano da Segunda Guerra Mundial a carneira e de tiras de algodão (espinha de peixe) caqui amarado por um pano. Os do anos 50 passaram para cor verde escuro.O uso de adesivos é mais comum nos pós-guerra e os decalques encontrados nos anos 50.Pressão Baixa/Alta refere-se ao processo pelo qual as resinas que possuem as tiras de duckcloth impregnadas de resina era laminada sob uma certa pressão(150 toneladas). 
Esta matéria serve como alerta para as sutilezas dos detalhes de uma peça e a história por trás - só pesquisando vamos distinguir entre os autênticos e originais do período.A grande jogada de um colecionador é a pesquisa por trás da peça.
Marcas de fabricantes do liner M1
THE HOOD Rubber Company
Fabricada em Watertown, Massachusetts esta "bola sinuosa", fabricante do liner do capacete M1 é identificado por um shell invulgarmente estampados e pelo pintado de prata "HR" na coroa (desgastado, neste exemplo). The Hood Rubber Company começou a entrega liner para o Exército dos EUA em abril de 1942. Eles produziram aproximadamente 206.000 M-1 liner e a produção terminou no início de 1944, quando seu contrato não foi renovado.
A ST. CLAIR FORRO
Fabricada em Marysville, Michigan esta "baixa pressão" o liner do capacete M1 é identificado tanto por uma concha estampados pintado de amarelo "SC" na coroa. O St. Clair liner começou a ser entrega para o Exército dos EUA em abril de 1942.Eles produziram cerca de 1.300.000 M 1 liner e produção terminou no início de 1944, quando seu contrato não foi renovado.
CAPAC MANUFACTURING COMPANY
Fabricada em Capac, Michigan de " alta pressão", fabricou o liner M-1 é identificado por um relevo "cruz" com as palavras "Capac" da coroa. Capac Manufacturing Company começou a entregar o liner para o Exército dos EUA em setembro de 1942.  Eles produziram aproximadamente entre 2.000.000 - 4.000.000 M-1 liner e produção terminou em torno de 17 de agosto, 1945, quando a guerra terminou.
 FIRESTONE TIRE & RUBBER COMPANY
Fabricada em Akron, Ohio esta " alta pressão", o liner do capacete M1 é identificado por um relevo "F" da coroa.Firestone Tire and Rubber Company começou a entregar o  liner para o Exército dos EUA em setembro de 1942.Eles produziram cerca de 7.500.000 M-1 liner e produção terminou em torno de 17 de agosto de 1945, quando a guerra terminou.

NLAND divisão de fabrico
Fabricada em Dayton, Ohio esta "alta pressão", o liner do capacete M1 é identificado por um relevo "interior" da coroa.Inland Manufacturing Division começou  produzir para o Exército dos EUA em setembro de 1942.Eles produziram cerca de 1,9 milhões de liner M-1.  Inland Manufacturing foi interrompido em 1943, quando os seus serviços de fabricação foram consideradas melhor usado em outro lugar.
INTERNATIONAL plásticos moldados, INC (IMP)
Fabricada em Watertown, Massachusetts esta "alta pressão", o  liner M1 é identificado por um relevo "pequeno homem" em um círculo na coroa. Internacional plásticos moldados, (IMP) começou  o liner para o Exército dos EUA em setembro de 1942.Eles produziram aproximadamente entre 2.000.000 - 4.000.000 M-1 liner a produção terminou em torno de 17 de agosto de 1945, quando a guerra terminou.
MARINHEIRO DE PAPEL DA EMPRESA
Fabricado em Chicago, Illinois de "alta pressão" maufactured o liner é identificado por um relevo "S" na coroa. Seaman Paper Company começou a entrega para o Exército dos EUA em setembro de 1942.Eles produziram aproximadamente entre 2.000.000 - 4.000.000 M-1 liner e produção terminou em torno de 17 de agosto de 1945, quando a guerra terminou.
MINA DE SEGURANÇA APARELHO (MSA)
Fabricada em Pittsburgh, Pennslyvannia esta "alta pressão", o do liner M1 M-1 é identificado por um "MSA" em relevo na coroa. Mine Safety Appliance começou a entregar o liner para o Exército dos EUA em setembro de 1942.Eles produziram aproximadamente entre 2.000.000 - 4.000.000 M-1 liner e produção terminou em torno de 17 de agosto de 1945, quando a guerra terminou.
WESTINGHOUSE ELECTRIC COMPANY
 Fabricada em Pittsburgh, Pennsylvannia de " alta pressão", o M-1 liner é identificado por um relevo "W" na coroa (que ainda é o logotipo da Westinghouse). Westinghouse foi a maior fabricante de liner M 1 e tinha duas divisões de produção; Micarta e Bryant Electric. A Divisão de Micarta produziu cerca de 13 milhões M-1 liner e da Divisão de Elétrica Bryant cerca de 10.000.000.Westinghouse Electric Company começou a entregar o liner em maio de 1942. Westinghouse interrompeu a produção em torno de 17 de agosto de 1945, quando a guerra terminou.
MODELO 1951/1952 FORRO
Manufacturado por tanto Capac e Westinghouse (Micarta Divisão) estes liner M-1 são idênticos aos do liner da Segunda Guerra Mundial, exceto que o pano interno é verde escuro. Estes liner M1 são identificadas por dois tipos de selos do fabricante, no conjunto de "W" e "CAPAC" estão em relevo na coroa e o outro é um selo e tinta da palavra "MICARTA". 
Acredito que este é um liner Westinghouse da Segunda Guerra Mundial, reaproveitado na década de 1950 pela CAPAC. Eu também tenho um. Eu acho que os números indicam moldes.
MODELO 1958 FORRO
O liner do capacete M1 modelo 1958 marcou várias mudanças. O liner deixariam de ser feitas a partir de tiras de comprimidos de duckcloth. Agora foi feita a partir de um nylon laminado. O liner  possui uma suspensão feita a partir de um tipo diferente do pano que era mais resistente. A mudança mais notável foi a de que o orifício frontal foi removida.

Pesquisa:
             TOP POSTS
              Blog Combat Helmets (foto 1 e 2)
              Matéria do  Blog O Resgate F.E.B ( Henrique Moura)

           

5 comentários:

  1. Boa Noite, tenho um capacete de fibra tipo americano que tem uma logomarca dentro e no fundo do capacete que é um triângulo sendo que em sua base tem duas letras : do lado direito a letra N e do esquerdo a letra T e no meio da base do triângulo um tipo de escafandro com viseira de moto.Qual a origem dele ?Obrigado Achilles Silva. achillesilva@hotmail.com 55+11+996084920

    ResponderExcluir
  2. Boa noite.
    tenho um m1 híbrido, metal com interno da pm, mas gostaria de reforma-lo padrão americano da ww2. Conhece alguem que possa faze-lo.
    Obrigado. Sergio Luis da Silva Costa. madturtlebr@gmail.com

    ResponderExcluir
  3. Olá, gostaria de saber de que forma o liner é preso no casco, é notável a jugular de couro que prende um ao outro mas é só isso? Como eles não se soltam com facilidade?

    ResponderExcluir
  4. Bom dia.
    Obrigado pela visita.
    O que segura o liner e o propio casco encaixado, a jugular de couro do liner ajuda sim.O encaixe do casco com o liner e bem justo, em caso de uma queda pode ser que soltam.
    Volte sempre
    Abração
    Henrique

    ResponderExcluir
  5. Caros, alguém pode me ajudar. É sobre um fabricante de Liner chamado COFITA? Tenho um M1 que pertenceu a veterano FEB. Possui todas as características do período da guerra (possivelmente fabricado entre 41 e 42). Contudo, o liner, apesar de bem desgastado e com as características da época, possui no fundo a marca COFITA em um losango. Alguém conhece esse fabricante? Desde já, obrigado.

    ResponderExcluir