quarta-feira, 8 de agosto de 2012

P 38 - Abridor de lata da Segunda Guerra. F.E.B/US


O abridor P 38 foi muito procurado pelos pracinhas e amplamente utilizado pela FEB.Da marca SHELLBY de Ohaio Estados Unidos da América, uma peça dificil de ser encontrada. 
(acervo O Resgate FEB)
clique na foto para ampliar
História:
Ele foi desenvolvido em apenas 30 dias no verão de 1942 pelo Laboratório de Pesquisas de subsistência em Chicago, para preencher uma necessidade especial. E nunca em sua história foi conhecido por quebrar, enferrujar, precisar amolar ou  polir. Talvez por isso muitos soldados do passado e presente consideram o P-38 abridor de lata como a melhor invenção do Exército. 
A fama do P-38 persistiu graças aos muitos usos decorrentes da mistura única da engenhosidade e criatividade, todos os soldados tinham que ter um P 38.
O uso mais importante do P-38 no entanto foi a missão em que foi projetado  era extremamente simples a maneira mais fácil de abrir as latas de metal de alimentos da ração - C dos soldados que fez ele líder na hierarquia das necessidades, mas também foi usado para limpar botas, unhas, como chave de fenda, faca ou qualquer outra coisa. 

Instruções como usar P-38
Originalmente P-38 veio embrulhado em pacotes de papel pardo Kraft com um diagrama e instruções sobre como usar. Estes aparelhos úteis e simples que enfeitavam os Dog Tag e chaveiros dos soldados e praças da FEB na Segunda Guerra Mundial.
Origem do nome:
 A ferramenta adquiriu o seu nome a partir dos 38 furos necessários para abrir uma lata de ração- C.
Outra história era a velocidade dos aviões P-38 de caça da Segunda Guerra.
 Duvido que se tivesse qualquer ligação com a pistola P-38 alemã.
 Na Marinha dos EUA, era conhecida como "John Wayne". 

8 comentários:

  1. A ração C ....... os pracinhas "adoravam"

    ResponderExcluir
  2. Hola, muy interesante tu blog. Esta entrada es muy curiosa, además nos muestras un útil que durante mucho tiempo hemos visto en la casa de nuestros padres y abuelos. La verdad es que nunca pensé en su importancia y vaya si la tuvo!.

    Un saludo

    Moon.

    ResponderExcluir
  3. Não conhecia este 38. Conheci ainda alguns senhores que andaram na segunda guerra e certamente que eles o usaram pela sua utilidade.

    Agradeço a presença no grupo dos amigos de lidacoelho.
    Espero que volte e que deixe um comentário se julgar a escrita ou o tema merecedor.

    Irei também acompanhar este espaço.

    ResponderExcluir
  4. Você por acaso tem algum registro dessa época de Vicente Vidiello? Ele era meu bisavô e foi par a Itália como cozinheiro das tropas brasileiras...
    Obrigada!

    ResponderExcluir
  5. Olha, pesquisei bastante ! Infelizmente nõa encontrei nada a respeito do seu bisavô. Tentei até descobri a relação de todos que foram para a Italia, mas sem sucesso. Mas garanto a vc que do jeito que eu remexo o google ou o youtube a procura de coisa sobre a FEB , possa ser que apareça alguma coisa! Caso posito, lhe informo imediatamente !

    Hélio Guerrero(Colaborador do blog O Resgate FEB)

    ResponderExcluir
  6. Ola! Eu tenho um abridor desses guardado. Confeço que não sei onde ganhei, mas foi na década de 70. e guardei. Nele esta gravado EMFA. Que valor tem isso?

    ResponderExcluir
  7. Oi, Luiz obrigado pela visita.
    O abridor se for original da Segunda Guerra tem o valor histórico.
    abraço e volte sempre

    ResponderExcluir
  8. com o nome EMFA gravado e original eu tenho um quando servi o exercito em 1980, e um adesivo, com o nome a cobra vai fumar original, que eu ganhei de um ex-combatente do exercito brasileiro.que serviu na 2ª guerra, e foi ate a italia ele tem ate honrra ao mérito e medalha comprovando a sua existência na guerra. - estenio_pereira@hotmail.com

    ResponderExcluir