quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Divisa de Segundo Sargento da F.E.B.

Raríssima divisa de 2º sargento de infantaria da FEB da campanha na Itália, feito no Brasil.
(acervo O Resgate FEB)

Durante a guerra na Itália um pouco de confraternização, Sgt americano Thomas Coller (esquerda) e os sargentos brasileiros Leônidas Macedo Filho e Rafael Scricolli da FEB.
                                                              (clique na foto para ampliar )

terça-feira, 28 de setembro de 2010

Lote de papéis de um pracinha da F.E.B.

Lote de papéis do pracinha Valetim Carvalho Machado do 1º Batalhão de Saúde da FEB,envelopes ,cartões postais e santinhos. 
(acervo O Resgate FEB)
(clique na foto para ampliar )

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Homenagem a FEB - Força Expedicionária Brasileira

José Félix da Rocha (Bajojo) Diploma Tiro de Guerra

Este diploma foi uma homenagem do Tiro de Guerra 04-29 de Curvelo (MG) ao Tenente José Félix da Rocha ex-combatente da FEB (voluntário) em 25 de outubro de 2006. O Tenente Félix (Bajojo) foi o último soldado brasileiro a retornar  ao Brasil depois de passar nove meses recuperando dos ferimentos nos USA, voltando para Curvelo conseguiu um trabalho na Central do Brasil onde aposentou depois de 36 anos, homem de poucas palavras  nunca falava sobre a guerra onde mantinha um bar vizinho a casa dos meus avós que agora seus filhos continuam com o bar onde era o lugar que ele mais gostava e onde recebia os amigos.No blog tem uma matéria (CN/NOTÍCIAS-REPORTAGEM) onde ele deu uma entrevista há 25 anos atrás.BREVE FAREI UMA MATÉRIA COM FOTOS DE SEUS DIPLOMAS.Este diploma foi carinhosamente doado pelo seu filho ao acervo O Resgate FEB.

(clique na foto para ampliar )

domingo, 26 de setembro de 2010

DOGTAG alemão Segunda Guerra.

Uma peça original, uma plaqueta de identificação (dog tag) alemão da segunda guerra que os soldados usavam para ser identificados em caso de morte em combate.Esta peça era da bateria 39 grupo de artilharia do exercito. Este grupo foi criado em 26 de agosto de 1939 em Kustrim, o grupo foi posteriormente transferido para artilharia pesada,foi comandada pelo general Vom Latter Okarsema em Kustrim. Em 7 de fevereiro de 1940 passou a fazer parte da 153 divisão,em 20 de maio de 1941 seguiu para a Dinamarca fazendo parte do 218 regimento de artilharia divisão de infantaria.Apresenta a marcação 69 e o numero do soldado e A+  e o tipo sanguíneo.
CURIOSIDADES:São 3 materiais; aço magnético, alumínio (foto) e zinco a qualidade  dos materiais  foram diminuindo a medida que guerra avançava e a nessecidade dos materiais nobres para outras frentes que eram mais necessárias que fazer dogtags ou condecorações. As mais difíceis são as magnéticas pois eram de antes da guerra é os que mais combateram. A maioria  dos dogtags foram enterrados com seus donos,pois a maioria tombaram em campo de batalha. Infelizmente não e possível identificar um soldado alemão pelo seu numero ainda não há dados sobre isto e acho muito difícil um dia ter, só os americanos colocava seu nome no dogtag.
(acervo O Resgate FEB)
Matéria do Sr Schmidt  da SchmidtAntiguidadesMilitares

clique na foto para ampliar
                                                                                                                      

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Desfile de 7 de setembro - Curvelo

É com satisfação e honra que mostro estas imagens cedidas pela amiga Mariula Rodrigues (filha do veterano Pedro Rodrigues) no dia Sete de Setembro em Curvelo (MG) quando desfilaram os dois pracinhas Curvelanos Tenente Pedro Rodrigues e Tenente Raimundo Olavo.O desfile ocorreu ma Avenida e dele  participaram o  Tiro de Guerra, Colégios e Polícia Militar de Curvelo.
A direita:Tenente Pedro Rodrigues á esquerda Tenente Raimundo Olavo.
A esquerda para a direita: Tenente Raimundo Olavo e o Tenente Pedro Rodrigues e Sr Raimundo Elias M Costa vizinho e amigo do Tenente Pedro Rodrigues que cedeu gentilmente o seu jeep candango  DKV-1961 para  o desfile.
Uma homenagem mais que justa, o resgate de  uma divida para com aqueles que  com  coragem deram suas vidas exercendo seu dever cívico e heróicamente defenderam e horaram toda uma nação  e a humanidade e agora são esquecidos e há grande maioria abandonados a muito anos pelo estado em seus mínimos direitos negligenciados  por uma nação de brasileiros.A FEB continua excluída do curiculo das escolas Brasileiras.Em um país tão carente  de heróis e exemplos  de civismo foi mais do que justo este agradecimento tardio  a estes heróis da pátria.Agradeço ao St. Macena comandante de instrução do Tiro de Guerra de Curvelo pelo seu empenho e dedicação em RESGATAR a memória dos ex- combatentes é seu devido valor histórico e lembrando também os já falecidos ex- combatentes curvelanos entre eles:                                   
Tenente Rui Lopes Ribeiro(morto em combate em Montese)
Tenente Geraldo Ribeiro Guimares
Tenente Licerio Ribeiro Guimares
Tenente José Felix da Rocha (Bajojo)
Tenente Quirino Henrique de Freitas
Tenente Mariano Fernandes da Silva

* Conspira contra sua própria grandeza o povo que não cultiva seus feitos heróicos * 

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Adeus Pistóia - Flâmula F.E.B.

Flâmula em homenagem pela trasladação dos nossos heróis mortos em Pistóia, da época do traslado em 14/12/1960.
(acervo  O Resgate FEB)                                    
                                                                         DECLAMAÇÃO
Depois de tantos anos,sem olhar a luz do dia,
Olhar o céu ,as estrelas,as flores e as montanhas
Depois de  haver sonhado muito, muito nas entranhas
Da  terra,de que fizeram libertadores e o eterno guia

Libertadores do universo! Guia da liberdade!....
Depois de tanto anos,morando em solo estrangeiro,
Abençoados como se fossem filhos da própria terra,
Filhos da mesma  Pátria  e de uma bandeira que encara
O mesmo fulgor da liberdade,do nosso rincão brasileiro !

Depois de tantos anos o tão despedir-se  chegou
A hora do adeus,que é  apenas uma lembrança ,
Da guerra ,da guerra que virou paz e esperança,
Maldita guerra ,que tão cedo a vida roubou !

E todo soldado,quando parte para guerra ,
Deixando para trás,um mundo de tristeza,
Leva sempre em seu coração a certeza,
De voltar um dia a sua querida terra!

E os mortos de Pistóia vão voltar,
Não  têm medalha no peito  e no ombro o fuzil,
Mas as suas almas estarão todas em perfil,
Contemplando  em silêncio,sem poder marchar.

Adeus!Adeus Itália....adeus Pistóia querida!
(Marcha lenta de JAMIL AMUDEN do livro  * ELES NÃO VOLTARAM*
         
                                                         ADEUS PISTÓIA  ( canto )
                                                      

Está na hora do adeus,
Está na hora do adeus,
Minha Pistóia querida
Minha Pistóia querida

Como é triste dizer-te adeus,quando mão se pode chorar,
E nós os mortos não podemos, não podemos, chorar
E dizer adeus,
Na hora da partida
E dizer adeus,
Na hora da partida.
Então chore por nós
Então chore por nós
Minha Pistóia querida
Minha Pistóia querida.

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Bandeira Expedicionária




Algumas familiares de expedicionários colocavam em sua casa para sinalizar que de la saiu um soldado a serviço do Brasil,original de época.Eu presumo que e de origem do Estado do Paraná 
(acervo O Resgate FEB)

Cartões Postais Italianos-F.E.B.


clique na foto para ampliar
Lote de cartões postais enviados pelos pracinhas da Itália  para familiares no Brasil.
(acervo O Resgate FEB)

terça-feira, 21 de setembro de 2010

Expedicionário paraopebense Sargento Lourival Alves

Esta foto foi tirada no horário de folga na Itália, que foi doada pela amiga Shirley Ferreira da Silva.O nome do febiano é Sargento Lourival Alves, nascido em Paraopeba (MG) cidade próxima de Curvelo em Minas Gerais.Fez parte do Batalhão de Suez. Depois de entrar para a reserva, foi morar em Niterói.(falecido)
(acervo O Resgate FEB)
(clique na foto para ampliar)

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Latinha a ¨COBRA FUMANDO¨da F.E.B

 
Este distintivo de lata da¨ Cobra Fumando¨ só foi feito no final da guerra, na Itália , tendo sido considerado oficial pela FEB, aprovado pelas tropas é também pelos americanos.Foi bastante difícil sua confecção ,em quantidade suficiente, para um efetivo de mais de 25.000 soldados . Foi solicitado ao Brasil que fizesse chegar aos nossos combatentes essa significativa caracterização da FEB , nos campos da Itália , colocando os brasileiros em pé de igualdade com os demais forças aliadas, mas nenhuma providência foi tomada nesse sentido. Foram feitas encomendas para os oficiais , em Roma e Florença . No fim da guerra ,descobriu-se em Milão, uma estamparia capaz de comfeccionar o tão almejado distintivo.No embarque de volta , dos diversos escalões, a 4º Seção entregou ao comandante da tropa embarcada um exemplar para cada homem,a fim de que a COBRA FUMANDO não ficasse na Itália como souvenir. Dessa forma o distintivo foi ostentado na chegada ao Brasil , pelos vitoriosos da campanha da Itália .Foi usado desfile das tropas brasileiras e portuguesas , em Setembro em Lisboa em comemoração à vitória da FEB.Em conversa com o ex -combatente Tenente Pedro Rodrigues em Curvelo , ele me contou que por onde desfilaram , na Avenida Rio Branco no Rio de Janeiro , houve casos de pessoas que cortaram as mãos na latinha do distintivo , na tentativa de tocar os braços dos soldados. 
PESQUISA: A Cobra Fumando (O distintivo da FEB ) de Aguinaldo José de Senna Campos e História Militar e Militaria no Brasil.

(acervo O Resgate FEB)
Soldados brasileiros de volta ao Brasil já com a ¨latinha ¨a Cobra Fumando no uniforme a bordo do navio D.Pedro II.
O PRACINHA O PRIMEIRO DA DIREITA E AMÉRICO BENITEZ HOJE COM 90 ANOS
O pracinha com a ¨latinha¨no seu uniforme de passeio.

Top de Quepe - F.E.B

 Uma insígnia de oficial da FEB (Itálo Diogo Tavares) que era colocada no quepe.
(acervo o Resgate FEB)
                                                            

sábado, 18 de setembro de 2010

Museu de Petrópolis da F.E.B.

Quando for a Petrópolis, não perca a oportunidade de visitar o Museu da Força Expedicionária Brasileira (S.R Petrópolis ).Foi criado, organizado e é mantido pelos veteranos, membros da seção de Petrópolis , com a finalidade de perpetuar a história da FEB e do 1º Grupo de Caças da FAB, no teatro de operações da Itália na Segunda Guerra Mundial.
Manequim com uniforme de campanha da FEB.
                                  
Palácio Rio Negro onde encontra o museu da FEB                                         
Fachada do Museu.
                                                              
Uniformes de campanha
                                                               
Objetos diversos
                                                                      
Capacetes, bibicos, luvas e boinas da FEB.   
                                              
Site:S.R.Petrópolis http://febrasileira.xpg.com.br
Endereço:AV.Koeler, 225 - Centro - Petrópolis/RJ.
Entrada Franca.
Visitação: segundas, quartas, quintas, sextas,sábados, domingos e feriados das 13 as 17 horas
.
                                                                 (clique na foto para ampliar)

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Enfermeiras Febianas .

O Álbum Biográfico das Febianas escrito pela enfermeira ALTAMIRA PERREIRA VALADARES editado em 1976.Um trabalho formidável de competência,superação e coragem da participação das enfermeiras na campanha da Itália. As enfermeiras brasileiras não só atenderam aos nossos pracinhas ,espalhadas por vários hospitais na Itália mas atenderam todos os feridos aliados .Ricamente ilustrado com fotografias de epóca ,informações e detalhes de cada uma e suas tarefas.além de ter uma introdução sobre comandantes e médicos da FEB.Vivendo se faz a história ,e essas brasileiras gravaram para sempre com suas vidas nos campos de batalha da Itália ;belas páginas na história militar do Brasil,é uma leitura fundamental.
 (acervo  O Resgate FEB)

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Medalha de Campanha Europa /Africa . USA

(clique na foto para ampliar)
Medalha de campanha Europa /Africa era concedida para quem serviu no teatro de operações  de 7 de dezembro de 1941 a 8 de novembro de 1945  nas forças armada americana.
(acervo O Resgate FEB)

JORNAL DIÁRIO POPULAR - LISBOA .

JORNAL DIÁRIO POPULAR (LISBOA) de 4 paginas de setembro de 1945 com a reportagem do histórico Desfile da Vitória em lisboa na Segunda Guerra pela FEB. Raro exemplar histórico do Jornal Diário Popular. 
(acervo O Resgate FEB)

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

CUIDADO COM OS ESPIÕES Comunicado F.E.B

Um dos vários comunicados aos combatentes da FEB na Itália, nas suas horas de folga fechar a boca para assuntos militares.
(acervo O Resgate FEB)
(clique na foto para ampliar)

terça-feira, 14 de setembro de 2010

Medalha Bronze Star Segunda Guerra (USA)

A medalha e premiada a qualquer membro das forças armadas que passou a servir no corpo armado do USA depois de 7 de dezembro de 1941 e se desligou por ações heroicas ou merito de serviço. a medalha também pode ser agraciada as forças aliadas que engajaram com USA no combate com o inimigo.TANTO QUE MUITOS FEBIANOS GANHARAM ESTA MEDALHA . A Bronze Star e a quarta condecoração mais alta das forças armadas americanas.(A da foto e modelo da Segunda Guerra)
 (acervo O Resgate FEB)
(clique na foto para ampliar )

Cartão postal de um pracinha.

Cartão postal de um ex combatente enviado da Itália para seus familiares em 12 de novembro de 1944 para Brasil ele e o 1º tenente VALETIM CARVALHO MACHADO do 1º Batalhão de Saúde. 
 (acervo  O Resgate FEB)

segunda-feira, 13 de setembro de 2010

FOTO DE ESTÚDIO DE UM FEBIANO .Pedro Rodrigues

Esta foto de estúdio tirada na Itália durante sua hora de folga, Tenente PEDRO RODRIGUES de Curvelo MG.
 (acervo  O Resgate FEB)